Alergia Agrava Doenças dos Olhos
18-05-2010 21:34:31 (2100 acessos)

Estudo mostra que doenças alérgicas estão associadas a 75% dos casos de ceratocone encaminhados para transplante de córnea.





Em processo de normatização no Brasil, Cross Link, interrompe evolução da doença.




Ceratocone responde pela maior parte dos transplantes de córnea no Brasil e 75% dos portadores encaminhados para cirurgia, são alérgicos. É o que mostra estudo realizado nos últimos 2 anos com 168 pacientes, pelo oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto.



A doença afina e dilata a parte central da córnea que responde pelo eixo da visão, tornando as imagens desfocadas tanto para perto como para longe. Atinge 1 em cada 1000 brasileiros e o diagnóstico é feito por topografia computadorizada. Geralmente aparece na adolescência sendo que 40% dos portadores têm idade entre 17 e 27 anos. Embora a maioria dos casos não apresente histórico familiar, a herança genética pode ser a causa. É isso que explica o desenvolvimento da doença associada à Síndrome de Down, comenta Queiroz Neto.



O uso permanente de lentes de contato rígidas, doenças sistêmicas e os diversos tipos de alergia que desorganizam as fibras de colágeno, observa, também estão associados ao ceratocone que tende a crescer no Brasil. Isso porque a maior exposição aos poluentes, o uso indiscriminado de medicamentos e a queda da imunidade decorrente do stress, facilitam o surgimento de alergias. Prova disso é que nos últimos anos a incidência de doenças alérgicas no País saltou de 10% para 20% e 6 em cada 10 alérgicos manifestam o problema nos olhos segundo o Estudo Multicêntrico Internacional de Asma e Alergias na Infância (ISSAC).




Queiroz Neto explica que o hábito de coçar os olhos não só predispõe ao ceratocone como agrava a doença porque intensifica o desordenamento das fibrilas de colágeno da córnea que se torna menos rígida. Inicialmente o tratamento é feito com óculos de grau, mas conforme o ceratocone evolui a correção da visão exige o uso de lentes rígidas que aplanam a parte central da córnea.



SAIBA IDENTIFICAR OS

SINAIS DO CERATOCONE




O estudo também mostra que 43% dos portadores só descobrem a doença em estágio intermediário. Diz o médico que isso acontece porque mesmo com a mudança rápida da refração que caracteriza o ceratocone, os pacientes permanecem usando óculos desatualizados.




Os sinais de alerta da doença são:

· Visão distorcida para perto e longe.

· Poliopia – visão de várias imagens.

· Diplopia – visão dupla.

· Excessiva fotofobia (aversão à luz).





O problema de descobrir o ceratocone em estágio intermediário é que pacientes muito alérgicos só conseguem permanecer com as lentes de contato por 3 horas em média. Assim acabam ficando sem correção visual durante as crises, o que naturalmente compromete o rendimento escolar e profissional.




A boa notícia é que está em processo de normatização no Brasil uma nova técnica cirúrgica, o cross link. Tem preço acessível e estaciona o ceratocone por aumentar a rigidez da córnea em até 3 vezes. Queiroz Neto explica que o procedimento consiste em aplicar riboflavina (vitamina B2) associada à luz ultravioleta que estaciona a evolução da doença, reorganizando as fibrilas de colágeno da córnea.



O procedimento não devolve o formato original da córnea. Por isso quando a deformação da membrana está em estágio avançado, o tratamento continua sendo o transplante, única terapia curativa do ceratocone. Leôncio Neto conta que do final de 2008 para cá já aplicou a técnica em 18 pacientes. A terapia se mostrou mais efetiva nas aplicações feitas no início da doença, afirma. Isso porque, nestes casos aumentou em 5% a espessura da córnea, além de melhorar a acuidade visual.



DICAS PARA O DIA-A-DIA




Queiroz Neto diz que o ceratocone leva a alto grau de astigmatismo e por isso aumenta a sensibilidade à luz que é ainda maior para quem usa lentes. Também é comum a perda da lente em atividades esportivas.

As dicas para melhorar o conforto e acuidade visual no dia-a-dia são:

· Usar óculos de leitura com lentes anti-reflexo.

· No computador os óculos de meia distância cansam menos.


· Monitor LCD melhora a visão por eliminar reflexos.


· Lentes dos óculos fechadas nas laterais evitam o ressecamento dos olhos

· Óculos escuros com lentes polarizadas reduzem o desconforto no sol.

· Nas atividades esportivas óculos protetores evitam a perda das lentes.
 

 Não há Comentários para esta dica

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

QdGFJ