Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Prisão de ventre, anemia e diarreia, podem ser câncer de intestino. Previna.

 

INCA lidera campanha para prevenir o cancer de intestino entre os brasileiros. Foto AgBr, Tania Rego
25-11-2021 21:04:41 (125 acessos)
Sangue nas fezes, diarreia, prisão de ventre, dor de barriga, fraqueza, anemia, perda de peso sem um motivo aparente, fezes finas e compridas e tumoração no abdômen. Se você tem um desses sintomas é melhor procurar um médico que seja clínico geral ou especialista. É que pode estar acontecendo um câncer de intestino. Essa doença pode ser resultado da má alimentação, falta de exercício físico, obesidade e prática de alcoolismo. Sempre é bom prevenir.

No Dia Nacional de Combate ao Câncer, 27 de novembro, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) lança campanha alertando a sociedade para os riscos da doença quando atinge o intestino.

"Câncer de Intestino: O Que Você Precisa Saber?”, será trabalhada pelo Instituto até dezemb ro de 2022, com material de esclarecimento, peças publicitárias e eventos.

A campanha foi lançada (211125) com um seminário transmitido pelo canal do INCA no YouTube. As palestras foram gravadas e estão disponíveis para quem deseja saber mais sobre o tema.

Segundo o Instituto, 30% de novos casos de câncer de intestino podem ser associados à má alimentação, ao excesso de peso, à inatividade física e ao excesso de bebida alcóolicas. Por isso, a prevenção tem papel importante diante do crescimento do sobrepeso e obesidade no país.

Entre 2003 e 2019, o número de obesos com 20 anos ou mais passou de 12,2% para 26,8%, mais que dobrou em menos de 20 anos. A obesidade atinge uma em cada quatro pessoas com mais de 18 anos. Os dados são da Pesquisa Nacional de Saúde de 2019.

O Instituto Nacional do Câncer destaca que a doença é tratável. Por isso, o diagnóstico precoce é fundamental para que o tratamento do câncer de intestino seja eficaz. Um dos desafios é fazer com que a população tenha mais conhecimento da doença, identificando sintomas e aspectos desse tipo de câncer.

Intestino, câncer no Brasil

No seminário virtual, a chefe da Divisão de Vigilância e Análise de Situação da Coordenação de Prevenção e Vigilância do Inca, Marianna Cancela, apresentou a situação do câncer de intestino, a terceira neoplasia mais comum entre os brasileiros.

A estimativa de mortalidade de pessoas com mais de 15 anos dela doença é de 160 mil entre 2026 e 2030, sendo 82,4 mil entre mulheres e 79,4 mil entre homens.

Na comparação com o início dos anos 2000 (2001 a 2005), os números projetados para o fim desta década podem significar um aumento de três vezes, no caso dos homens, e de 2,6 vezes, no das mulheres. “Aproximadamente 6 milhões de anos de vida serão perdidos entre 2021 e 2030”, lamentou Masrianna Cancela.

Atualmente, entre os homens, o câncer de manifestação mais comum é o de próstata, com 29,2% dos casos. Entre as mulheres, o tipo mais frequente de câncer é o de mama, com 29,7% dos registros.

 

Fonte: INCA e Agência Brasil
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

MuSDQ