Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Querosene de aviação aumenta 18% e agrava situação das empresas

 

Pesadelo para as empresas aéreas e passageiros: querosene de aviação aumenta 18% e soma 38% em 2022
04-04-2022 12:15:23 (256 acessos)
Com o aumento de 18% sobre o querosene de aviação (QAV) anunciado pela Petrobras (220404), o produto acumula 38% entre os dias 1º de janeiro e 1º de março de 2022. Dados são da Companhia e explicam o desespero das empresas aéreas de transporte de passageiros e cargas. "Brasil é o único País do mundo que tributa o QAV, com o ICMS. Empresas estrangeiras não pagam esse imposto para abastecer em território nacional. É por isso que uma viagem internacional" é mais barata que um voo doméstico.

 

Para subsistir, as empresas pedem socorro ao Governo e defendem políticas reparadoras. São vítimas da dversidade e da imprevisão de fatos como intempéries que ocorrem pelo mundo e no Brasil., Situação agora fica mais graves com o conflito da Rússica contra a Ucrânia.

No ano de 2021 o QAV teve o preço médio reajustado nada menos que 91,9% sobre o registrado em 2020. 

Sobre essa conjuntura difícil, veja o que diz Eduardo Sanovicz, o presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas, a ABEAR:“esses dados mostram como o preço do QAV é um desafio permanente para as empresas aéreas. Comprovam que esse combustível deveria ter tratamento de política pública. Antes da pandemia, transportávamos mais de 100 milhões de passageiros por ano. Agora, a guerra na Ucrânia acelerou a pressão sobre o valor do combustível, o que pode frear a retomada da operação aérea que estávamos observando a cada mês. Permanecemos firmes no setor enfrentando diariamente o Custo Brasil.”

O QAV é o item de maior ineficiência econômica para as companhias aéreas brasileiras e responde por mais de um terço dos custos do setor, que por sua vez têm parcela de mais de 50% indexada ao Dólar. A cotação da moeda norte-americana encerrou 2021 no patamar de R$ 5,58, sendo que em meados de 2014 o valor estava em R$ 2,35. O Brasil é o único país do mundo que tem um tributo regional sobre o QAV, o ICMS. As empresas estrangeiras, por sua vez, não pagam esse imposto para abastecer em território nacional. É por isso que uma viagem internacional muitas vezes é mais barata do que um voo doméstico, considerando-se distâncias similares.

 

Fonte: ABEAR, Assessoria de Imprensa
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

XUIP3