Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Começa em 2024 o túnel Santos-Guarujá, obra de R$ 5,8 bilhões

30-01-2024 20:29:36 (477 acessos)
Muitos benefícios vai oferecer o túnel submerso que está em vias de ser construído, na passagem de Santos para Guarujá. Túnel imerso atravessará o canal de navegação do Porto de Santos a uma profundidade de 21 metros, ligando as cidades de Santos e Guarujá. As embocaduras estarão no trecho final, à esquerda do cais da Marinha, na Margem Direita do Porto (Santos) e na região conhecida como Prainha, em Vicente de Carvalho, margem esquerda (Guarujá), abaixo do Linhão.

 


Pretendida há muitos anos, a obra deve custar em torno de R$ 5,8 milhões. Projetam os interessados, os governos do Estado de São Paulo e Federal, que a construção vai durar 5 anos, iniciando em 2024. 

Empresa da Holanda dá as bases da tecnologia para a execução. Basicamente será executada a construção do túnel numa doca seca de 6 composições. Assim que estiver concluída, totalmente vedada para evitar a entrada de água, será submergida, selando uma das últimas fases do túnel. 

Neste noticiario.com.br, veja o 

vídeo que mostra como será a 

nova passagem que vai reduzir

em 70% a passagem de veículos 

através de balsas e racionalizar 

o tráfego em toda a região do 

Porto de Santos

 

Projeto e licenças para túnel Santos-Guarujá são solicitados ao Estado pela APS 

 

Pedido busca unir esforços para agilizar a obra,

anseio antigo da população da Baixada,

trazendo benefícios para o Estado e País 

 

Estudos do projeto básico e executivo do túnel imerso Santos-Guarujá, que já possuem licenças ambientais, realizados pelo DERSA, em 2012, foram solicitados oficialmente pela Autoridade Portuária de Santos (APS), ao secretário estadual de Parcerias em Investimentos (PPI-SP), Rafael Benini.  

Assinado pelo presidente da APS, Anderson Pomini, o pedido objetiva somar esforços para que a obra cumpra o cronograma, de início dos trabalhos em 2024. "Uma das principais metas da atual gestão desta Autoridade Portuária de Santos, além das obras de infraestrutura, como dragagem do canal e perimetrais, é a viabilização da ligação seca entre os municípios de Santos e Guarujá, por meio da implantação de um túnel imerso." Palavras do Presidente. 

Pomini explicou que a obra refletirá positivamente na vida de milhares de pessoas: "Trará benefícios econômicos, sociais, ambientais e logísticos em favor de toda comunidade portuária, influenciando nos nove municípios da Baixada Santista, conforme relatório e estudo anexo, portanto, é de vital importância a implementação dessa obra do túnel para o Brasil."   

No pedido, foi lembrado que a obra do túnel tem apoio de mais de 60 representantes de diversas instituições, poder público e gestores do litoral, especialmente as Prefeituras de Santos e do Guarujá. Isso ocorre após diversas reuniões, nas quais decidiram pela implementação do projeto que já foi objeto de estudos, audiências públicas, concluído e elaborado à época pela empresa pública DERSA.

O requerimento especifica que o material técnico existente inclui desenhos, memoriais e planilhas orçamentárias, projeto básico e executivo, na sua versão mais recente, bem como as respectivas anotações de responsabilidade técnica (ART), de forma digital (físico ou link de acesso). Documentação exibe as licenças ambientais devidamente renovadas, "conforme precedente no caso da duplicação da Rodovia dos Tamoios (Licença Ambiental Prévia nº 22385 - processo SMA nº 98/2011 CETESB)."

A solicitação finaliza convidando o Governo do Estado a participar de todas as etapas da realização da obra de infraestrutura, 'importante para o Porto de Santos, Litoral Paulista, o Estado de São Paulo e para o País."  

Autoridade Portuária de Santos confia que a resposta seja positiva e venha o mais rápido possível. O presidente lembrou que o secretário Rafael Benini, declarou, durante audiência pública ocorrida junto à Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, em 13 de junho de 2023, que o projeto estaria disponível, bastando um requerimento. "É prioridade para o Governo Lula e para o ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, que se tire do papel esta obra, esperada há 100 anos. E para isso, contamos com a ajuda do Governo do Estado, que já tem se colocado à disposição." 

 

 

Fonte: Porto de Santos e Autoridade Portuária de Santos
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

wxCSF