Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

ANAC age para que viajantes sejam bem atendidos em aeroportos

ANAC age para que viajantes sejam bem atendidos em aeroportos
[foto] - Atuação fiscalizadora da ANAC pode prevenir estas ocorrências contra viajantes

22-12-2023 23:21:20
(372 acessos)
 
Fiscalização mais intensa vem sendo possível observar em 18 aeroportos estratégicos do Brasil. Esse é um esforço da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) que pretende garantir "fluidez das operações, nos meses de dezembro e janeiro, e reforçar a qualidade e eficiência dos serviços prestados aos passageiros." Trabalho está sendo executado por 62 fiscais que priorizam os viajantes nas 54 regiões estratégicas de embarques e desembarques aeroportuários de todo o País.

 


Além disso, estão disponíveis nos terminais dos principais aeroportos brasileiros QR codes da ANAC, oferecendo acesso direto à página com informações detalhadas sobre direitos e responsabilidades do passageiro.    
 
Os fiscais estão descaracterizados nas operações, coletando informações para que a ANAC possa agir estrategicamente junto à gestão das companhias aéreas no caso de problemas sistêmicos que sejam detectados. 

 
Atuação fiscalizatória da ANAC
 
A fiscalização da ANAC é realizada em âmbito coletivo, focando não em situações pontuais ou específicas (que são solucionadas dentro do escopo dos mecanismos judiciais e legislativos de defesa ao consumidor), mas no comportamento das empresas de forma abrangente. Interesse é verificar se há falha sistêmica de interpretação ou execução das normas vigentes, que causem impactos aos passageiros de forma difusa. 
 
ANAC explica que "esta atuação busca máxima abrangência e eficácia, detectando e atuando na correção de condutas irregulares frequentes de empresas aéreas ou que decorram de políticas comerciais contrárias aos requisitos normativos da ANAC, podendo prejudicar a coletividade de passageiros sistemicamente."
 
Em termos mais amplos, a fiscalização da ANAC em âmbito coletivo ocorre em duas modalidades: remota e presencial. Na fiscalização remota, a ANAC monitora as interações entre empresas aéreas e consumidores na plataforma Consumidor.gov.br. Verifica a existência de padrões sistêmicos e avalia se o atendimento ao consumidor está ocorrendo de maneira adequada. 
 
"Mais informações sobre o monitoramento das reclamações dos consumidores estão disponíveis no Boletim de Monitoramento do Consumidor.gov.br, que a ANAC publica periodicamente. A divulgação dessas informações tem como objetivos trazer transparência à sociedade sobre o desempenho das empresas aéreas na plataforma, incentivar a concorrência pela melhoria dos serviços e fornecer informações úteis para os passageiros no processo de compra de passagens.
 
Além do Consumidor.gov.br, a ANAC também fiscaliza remotamente os portais das empresas na internet e os modelos de contratos de prestação de serviço que as aéreas celebram com seus passageiros."

 

 

Fonte: ANAC - assessoria de imprensa
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

uJWAm