Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

R$ 20 bilhões de investimentos no Porto de Santos desperta interesse na Espanha


31-05-2024 16:48:21
(370 acessos)
 
Construção do túnel Santos-Guarujá, da perimetral da Margem Esquerda, o aprofundamento do canal de navegação para até 17 metros, implantação do sistema de monitoramento chamado VTMIS, pela ampliação da capacidade ferroviária e a recuperação dos acessos já existentes. São as obras mostradas na Espanha pelo Porto de Santos. Investimentos superiores a R$ 20 bilhões, despertaram interesse dos principais portos da região. Agora Anderson Pomini, presidente da concessionária APS vai à China.

 


Pomini apresentou os investimentos previstos para o Porto de Santos para os próximos 5 anos.

O encontro foi promovido pelo ICEX (agência espanhola de atração de investimentos), no encerramento da Misión Inversa Puertos Brasileños Y Colombianos à Espanha. Dezenas de empresas da área de infraestrutura se apresentaram ao presidente da APS. TYPSA, Libelium, Acciona, OHL, Ghenova Ingenería, Soluziona, IDOM, Centro de Estúdios de Materiales y Control de Obras, entre outras, ouviram explicações sobre os investimentos anunciados pela Autoridade Portuária de Santos.

Anderson Pomini apresentou os investimentos públicos e privados no Porto de Santos, que somam R$ 20,2 milhões. Foram citadas as obras do túnel Santos-Guarujá, a perimetral da Margem Esquerda, o aprofundamento do canal de navegação para até 17 metros, entre outras. 

A Missão

A agenda começou dia 27 de maio e reuniu os dirigentes dos portos espanhóis, de Barcelona e Valência, e da Colômbia, de Cartagena, Santa Marta e Buenaventura.

A programação incluiu visita técnica ao Porto de Barcelona, dia 28, com a apresentação dos planos estratégicos e de inovação. Na sequência, em Valência,  o presidente Anderson Pomini participou de mesa redonda sobre inovações portuárias e falou dos projetos neste sentido no Porto de Santos.

Pomini destacou o empenho do ministro de Portos e Aeroportos do Brasil, Silvio Costa Filho, para a modernização dos portos brasileiros, com destaque para a inovação e ampliação da capacidade.

Além de Santos, os portos brasileiros foram representados pelo presidente do Porto de São Sebastião (SP), Alexandre Ernesto Corrêa Sampaio; pelo superintendente do Porto de Itajaí, Fábio de Veiga; pelo superintendente de Gestão Estratégica da PortosRio, Luis Cesar Silveira da Fonseca Filho, e  pelo diretor financeiro e administrativo da Portos do Paraná, Marcos Alfredo Bonoski. O encontro teve a organização da analista de Mercado do Escritório Econômico e Comercial em São Paulo da Embaixada da Espanha no Brasil, Paloma Groizard Leite.

Os integrantes da missão conheceram os sistemas de inovação tecnológica já aplicados no Porto de Valência em visita organizada pela ValenciaPort.

China

Agora, Pomini vai à China, onde participa, entre os dias 5 e 6 de junho, da VII Sessão Plenária da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (Cosban). O encontro será em Pequim, na China. Além da participação no encontro, o presidente da APS também irá em visita oficial aos portos Xangai e Tianjin.

A missão internacional reúne representantes do governo e do setor produtivo, em delegação chefiada pelo vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, que é também o ministro de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços.

Ministro anuncia investimentos

Ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, anunciou hoje (11/3), durante visita à sede da Autoridade Portuária de Santos, um plano de investimentos no Porto de Santos da ordem de R$ 21,28 bilhões, para o período de 2024 a 2028. O plano envolve recursos federais, do Estado de São Paulo, PPPs e privados. Túnel Santos-Guarujá, transferência do terminal de passageiros para o Valongo, Ferrovia Interna do Porto de Santos (Fips), aprofundamento do canal de navegação e perimetral em Guarujá receberão aportes

Doze projetos estratégicos integram o Plano de Investimentos proposto pelo Ministério de Portos e Aeroportos e pela Autoridade Portuária de Santos (APS). "Esse é o maior aporte de investimentos planejados para o Porto de Santos", diz o ministro, destacando a priorização do Porto de Santos.

Um dos projetos contemplados é a construção do túnel ligando Santos a Guarujá, o qual levará R$ 6 bilhões desse montante, um aporte a ser dividido igualmente entre os governos Federal e do Estado de São Paulo. Os recursos federais virão do Orçamento Geral da União e do caixa da APS.

A transferência do terminal de passageiros para o Valongo envolverá recursos federais e privados da ordem de R$ 1,4 bilhão. O ministro afirma que a ideia é criar um hub de turismo em Santos e interligar o terminal de passageiros ao Parque Valongo (em construção) que também receberá, ao final, um total de R$ 100 milhões.

A Ferrovia Interna do Porto de Santos (fips) será o 3º maior projeto a receber recursos, da ordem de R$ 1 bilhão. Em andamento pela Associação que integra as ferrovias Centro Atlântica, MRS e Rumo, os investimentos serão feitos nos cinco primeiros anos do contrato. O projeto aumentará a capacidade de transporte de cargas por ferrovia de 50 milhões de toneladas por ano para 115 milhões.

Outro projeto que receberá recursos é o aprofundamento para 16 metros do canal de navegação do Porto. Serão investidos R$ 324,1 milhões na dragagem, em 5 anos. O ministro explica que, a princípio, o canal de navegação será aprofundado para 16 metros, enquanto isso, o Governo Federal prepara uma PPP para 20 anos, estimada em R$ 6,5 bilhões, para ampliar a profundidade para 17 metros.

Outros R$ 544 milhões serão destinados, via Novo PAC, à construção da 2ª etapa da Avenida Perimetral de Guarujá (margem esquerda). Os projetos contemplam ainda a repotencialização da Usina Hidrelétrica de Itatinga, incluindo a produção de hidrogênio verde; a criação de um pátio de estacionamento em área de 100 mil m2; implantação do sistema de monitoramento de tráfego de navios e melhorias na margem direita (Alemoa).

Já os investimentos a serem feitos por 21 terminais privados, em cinco anos, somam R$ 8,68 bilhões. O presidente da APS, Anderson Pomini, agradeceu o apoio do ministro Silvio Costa Filho, que já visitou o Porto de Santos quatro vezes durante os seis meses que ocupa o cargo.

 

 

Fonte: Porto de Santos - APS, assessoria de imprensa
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

DeRU9