Federação das Indústrias começa testagem de 556 mil trabalhadores
Federacao das Industrias do Rio de Janeiro comeca testar 556 mil trabalhadores. Medida a ser seguida
17-04-2020 19:18:03 (238 acessos)
Mais segurança aos profissionais para irem ao trabalho sem risco de contrair uma infecção e nem contaminar outras pessoas. Este é o objetivo da testagem com 556 mil funcionários que atuam nas fábricas do Estado do Rio de Janeiro. Programa já começou (20200417) com 418 trabalhadores de 16 indústrias e deverá ser concluído em setembro. Recursos humanos e materiais foram custeados pela FIRJAN 9 Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro).

Serviço Social da Indústria (SESI) e a Federação querem agilizar o diagnóstico de doenças e contribuir para evitar a propagação do coronavírus. Testes são oferecidos gratuitamente para pequenas indústrias e a preço de custo para as médias e grandes. Haverá capacidade de processar até 2.248 amostras por dia. Resultados ficam prontos em 48 horas.

As coletas começam pela cidade do Rio de Janeiro, onde há mais casos da covid-19, seguindo depois para a região metropolitana e, por fim, em todo o Estado.

Os pontos de coleta ficam nas unidades da FIRJAN, SESI, Cinelândia e de

Vicente de Carvalho, além de uma gráfica, em Higienópolis, na zona norte

da cidade. No caso das empresas maiores, as equipes do SESI podem fazer

a coleta na própria companhia. As empresas interessadas em aplicar os

testes em funcionários podem ter informações ou se inscrever pelo e-mail.

Também a Petrobras anunciou que está gestionando para realizar testagem

com todos os trabalhadores e terceirizados.

 Rita de Cassia Oliveira,  coordenadora de saúde ocupacional (Firjan-Sesi) explica que a ideia é trazer mais segurança às pessoas para irem ao trabalho sem risco de contágio.

“O objetivo é detectar a presença do vírus nos trabalhadores para que os infectados não continuem nos ambientes de operação. Aos que testarem positivo, será orientado o afastamento conforme as orientações do Ministério da Saúde. A equipe de saúde fará o atendimento remoto a todos, dando as orientações, se tem que procurar atendimento médico ou ficar em isolamento”.
 

 

Fonte: FIRJAN e Agência Brasil
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

cvuXN