Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Telescópio virtual do tamanho da Terra descobre buraco negro

 

Buraco negro longe 500 quatrilhoes de kms. Foto National Science Foundation, Event Horizon Telescope
10-04-2019 14:57:42 (2020 acessos)
Um telescópio que funciona de modo virtual num ambiente com dimensões semelhantes às do globo terrestre, acaba de mostrar a primeira imagem de um buraco negro. Pesquisa é amparada pelo projeto Telescópio de Horizonte de Eventos (EHT) administrado pela Fundação Nacional de Ciência (NSF), envolve 200 pesquisadores e já custou US$ 28 milhões.

 

Tão espetacular o feito, que o diretor da pesquisa, Sheperd S. Doeleman, do Centro de Astrofísica Harvard e Smithsonian, considera um "feito extraordinário". France Córdova, diretora do NSF resume a imaginação do homem comum sobre esses eventos da astronomia: "Estamos vendo o invisível. Buracos negros têm causado imaginação por décadas. Eles têm propriedades exóticas e são misteriosos para nós.”

No Planeta Virgem, há uma galáxia chamada Messier 87. É ali que os estudiosos fizeram a foto comemorada pelo mundo da Astrofísica. Acesso tem sido difícil porque os chamados "buracos" estão situados a 55 milhões de anos-luz (500 quatrilhões de quilômetros ) a quem vive no planeta Terra.

Inimaginável o tamanho desse ambiente celeste, mas a ciência acredita que tenha massa equivalente a 6,5 bilhões de vezes à do Sol. Mas essas particularidades serão detalhadas em 6 artigos científicos no jornal da Astrofísica (The Astrophysical Journal Letters). Para e3xecutar o telescópio virtual gigante, foram reunidas as tecnologias dos EUA, México, Chile, Espanha e França. Trabalho também foi enorme. Iniciado em abril de 2017, o processamento das imagens só terminou agora.

Observaram os pesquisadores que o poder dos buracos negros é tão extraordinário, que tem capacidade de causar distorções no tempo e no espaço; e, causa superaquecimento de qualquer corpo em aproximação cósmica. É um organismo tão gigante na força, que é capaz de sugar a própria luz. Daí a denominação que tem.

 

Fonte:
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

C3V4g