Fotos Mostram Quanto Gelo Derreteu Nos Últimos 100 Anos
01-09-2019 00:03:26 (6935 acessos)
Mudanças no clima no último século, estão destacadas numa série de fotografias exibidas pela Comissão do Protocolo de Kyoto. O real impacto do homem sobre o clima ainda não está claro, mas há muitos sinais de mudanças ambientais. Alguns cientistas acreditam que o derretimento da geleira Upsala, na Argentina, é causado pelo aquecimento global. Veja. Outros, que ele se deve a mudanças naturais na região.

O fotógrafo americano Gary Braasch reúne imagens de mudanças ambientais desde 1999. A foto em branco-e-preto à esquerda, de 1859, é da geleira do Reno, em Valais, na Suíça, e mostra um vale coberto de gelo. Em 2001, a geleira havia encolhido cerca de 2,5 km.

Mais modernamente, os pesquisadores consideram que essas imagens impressionantes do gelo caindo sobre as águas, é um processo natural. Dizem que após esse fenômeno cíclico, os blocos de gelo se recompõem. Essa ideia coloca em cheque o que se fala, de que o desmoronamento de gelo nos polos é causado pelo aquecimento do globo terrestre.

Há ainda outras evidências do aquecimento, para os que consideram essa a causa do degelo. Trata-se do alagamento de ilhas e regiões costeiras de oceanos. Muitos lugares já são dados como em vias de desaparecimento. Isto pode ser uma prova concreta das consequências do aquecimento da Terra pela ação de gases do chamado "efeito estufa".

 De qualquer modo há um fato incontestável. A destruição do bom

ambiente natural, pela poluição por gases, elementos químicos ,

sólidos e fumaça lançada sem tratamento na atmosfera. É melhor

evitar, cuidar das águas e dos recursos naturais. Só assim será

possível perpetuar a vida de modo saudável.


Alguns cientistas acreditam que o aquecimento global vai provocar mais tempestades violentas - o que, por sua vez, aumentará a erosão costeira. Esta parte do litoral de Cabo Hatteras, no Estado americano da Carolina do Norte, foi fotografada em 1999 e 2004.


O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o nível do mar pode subir de 9 a 88 centímetros no próximo século. Isto ameaçaria arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas do que o normal.


Com o aumento da temperatura no planeta, regiões montanhosas podem ter menor precipitação de neve. Estas fotos mostram o Monte Hood, no Estado americano de Oregon, no final do verão em 1985 e em 2002.


Insetos que se alimentam de árvores provavelmente vão se beneficiar de um aumento da temperatura da Terra e se reproduzir cada vez mais. Estas imagens mostram danos causados por insetos em árvores no Estado americano do Alasca.

 

Fonte:
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

4fAjz