Linguagem: EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish

Obras no litoral, fim das enchentes e elogios ao Governo

Obras no litoral, fim das enchentes e elogios ao Governo
[foto] - Visão artística do projeto de melhoramento da praia de Matinhos.

19-10-2022 23:29:50
(438 acessos)
 
Agonia, tristeza, sofrimento, prejuízos; são problemas que os moradores de Matinhos esperam estar sendo superados com as obras de canalização dos rios, associadas aos reflexos positivos da engorda sobre a praia numa extensão de 6,3 quilômetros (km) desde o balneário Flórida. Este é o sentimento resumido pela senhora Lirian Thomaz, que sofre com os alagamentos há mais de duas décadas, no bairro Sertãozinho. De uma coisa o governador Carlos Massa Ratinho Junior pode se orgulhar: não há pessimismo.

 


Para o presidente do Sindilitoral, Carlos Dalberto Freire (Restaurante Paraíso), os alagamentos "serao resolvidos" com as obras de engenharia em execução. Em nome dos mais de 300 associados, espera que haja o complemento do projeto desde o Morro do Boi até o Rio Matinhos, para se ligar com as obras de engordamento ora encerradas. 

Foto: Alagamentos, há muito atormentam mais de 10 mil moradores dos principais bairros de Matinhos: Tabuleiro e Sertãozinho.

Governo do Paraná anunciou (221019) que o "engordamentgo da faixa de areia" foi terminado com 3 milhões de metros cúbicos (m³) de areia movimentados pela draga Galileo Galilei. Resultado é considerado "benéfico" pelos frequentadores, porque alarga o local de banho em até 100 metros (m) especialmente a partir do canal da Avenida Paraná (avenida beira mar). 

Está custando investimento de R$ 314,9 milhões o Projeto de Recuperação da Orla de Matinhos, que é executado pelo Instituto Água e Terra (IAT). Apesar do encerramento dessa fase, há muito o que fazer e já se fala em reforço do orçamento. 

"Esse é um projeto em parceria com a população do Paraná, que desejava essa obra. O encerramento do engordamento da areia é uma etapa vencida." Palavras do secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), Everton Souza.

"Após anos de espera essa obra foi entregue. O governador Carlos Massa Ratinho Junior cumpriu sua promessa e o povo de Matinhos é 100% grato. Já vemos investimentos, mais turistas e construções em andamento." Foi o que disse o prefeito municipal Zé da Ecler.

Assim está ficando a canalização do do Rio da Draga,

a partir da sede da Prefeitura. Obra vagarosa.

 

Draga de 18 mil m³

Para o serviço de engorda foi utilizada tecnologia complexa de dragagem, feita pela embarcação com autotransportadora de sucção e arrasto. Este tipo de equipamento possui cisterna e propulsão própria, o que permite navegação até a chamada jazida de empréstimo. Ali draga a areia, deposita em cisterna própria e, em seguida, manda o material pela tubulação, que está submersa e permanece em posição dinâmica para recalcar a areia até a praia. A partir dessa entrega, os tratores fazem o espalhamento na parte seca.

Acomodando 32 pessoas, a draga tem capacidade de 18 mil m³ na cisterna, e pesa em torno de 31,2 mil toneladas. Embarcação tem  comprimento de 166 m, com potência de bomba de 3,4 mil KW ao arrastar e 14 mil KW ao descarregar. Na parte submersa, o próprio movimento das ondas se encarrega de fazer o espalhamento da areia. 

Nos balneários, foram recuperados 4,5 quilômetros de faixa de areia. Já na praia de Caiobá, entre o Canal da Avenida Paraná e o Pico de Matinhos, a praia ficou mais larga em 1,8 quilômetro. Este trecho já foi liberado para uso público. A areia nos balneários Flórida e Saint Etienne, será liberada para a população após a estabilização.

Um espigão para drenagedm

O Projeto de Recuperação da Orla de Matinhos também inclui

obras de macro e microdrenagem para minimizar os impactos

causados pelos efeitos de ressacas, maré alta e enchentes,

que há décadas atingem bairros da cidade. São os recursos da 

engenharia moderna que irão socorrer moradores dos bairros

Sertãozinho e Tabuleiro, onde os moradores são

historicamente afetados pelos alagamentos. Ali também

se encontra o edifício sede da Prefeitura de Matinhos.

 

Na orla da praia serão construídos dois guias-correntes (Canal da Avenida Paraná e Canal do Rio Matinhos), dois headlands (Balneários Riviera e Flórida) e um espigão (Praia Brava, na altura do Pico de Matinhos). Também haverá paisagismo e o replantio da vegetação nativa.

Pela dimensão das obras, o diretor de Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos do IAT,  José Luiz Scroccaro, ressalta que o projeto completo ficará pronto em 2024. "Temos a micro e a macrodrenagem já iniciadas no Canal da Avenida Paraná, com 300 metros concluídos, e dessa altura até o Pico de Matinhos estão em andamento as obras urbanísticas, com ciclovia, pista de caminhada e corrida; e, acessibilidade. Queremos deixar esse trecho pronto para essa temporada também."

 

Veranistas encontrarão esse espaço para o lazer em mais de 3 km da praia

 

 

Fonte: IAT-SEDEST, Assessoria de Imprensa
 

 Não há Comentários para esta notícia

 

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Noticiario, não reflete a opinião deste Portal.

Deixe um comentário

qTXGC